Acidente vascular cerebral (AVC) é o assunto deste post.

Para quem não sabe, AVC é o entupimento ou rompimento dos vasos que levam sangue ao cérebro.

Quando isso acontece, há uma paralisia na região, pois ela não recebe fluxo sanguíneo.

E as principais vítimas são as mulheres.

De acordo com a Organização Mundial de AVC (World Stroke Organization), seis, em cada dez mortes por AVC, acontecem com mulheres.

E não é só isso!

Uma em cada cinco mulheres sofre desse mal.

Até os 50 anos, a chance de ter um AVC é maior nos homens.

Após essa idade, a probabilidade passa a ser maior nas mulheres, devido às mudanças que ocorrem no corpo delas.

Existem dois tipos de AVC:

1. O isquêmico, quando ocorre o entupimento dos vasos que levam o sangue até o cérebro.

2. O hemorrágico, que rompe os vasos sanguíneos provocando sangramentos no cérebro.

“Mas o que será que causa esse tipo de problema” - você deve estar se perguntando.

Bom, lá vai uma pequena lista de possibilidades de causa para a ocorrência de AVC:

- Uso de anticoncepcionais (especialmente no caso de mulheres com hipertensão)

- Reposição hormonal após a menopausa

- Colesterol

- Diabetes

- Sedentarismo

- Má alimentação

Note que o estilo de vida das mulheres mudou muito nos últimos anos.

Elas estão bebendo, fumando e se estressando muito mais.

Por causa disso, o risco de AVC só fez aumentar nas últimas décadas.

Infelizmente, o AVC no sexo feminino é sempre mais agressivo, podendo deixar sequelas graves e irreversíveis.

Sendo assim, é importante que as mulheres estejam atentas aos sintomas.

Aqui estão os principais:

1. Perda de equilíbrio

A pessoa que está sofrendo um acidente vascular cerebral perde o equilíbrio e coordenação.

2. Problemas com a visão

É outro sinal muito importante.

Se a pessoa fica com dificuldades visuais (vista escura, borrada), ela pode sim está passando por um acidente vascular cerebral.

3. Paralisia na face

O derrame se revela também na face: uma parte do rosto fica paralisado, os olhos podem ficar sonolentos e a boca pode ficar torta.

4. Fraqueza nos braços

Em um AVC, os movimentos dos braços serão afetados.

A pessoa sentirá fraqueza neles.

5. Alterações na fala

A pessoa que está tendo um AVC tem dificuldade para falar, pronunciando as palavras de forma arrastada.

6. Dor de cabeça

Uma dor de cabeça súbita e severa pode ser um sintoma de AVC, especialmente quando combinada com um ou mais dos sintomas descritos aqui.

7. Confusão mental

A dificuldade de articular ou compreender um pensamento é outra característica de quem está tendo um AVC.

Caso você perceba um ou mais desses sinais, procure um médico imediatamente.

O tratamento e a reabilitação dependem muito do tipo do AVC e o quanto ele danificou a saúde do paciente.

Às vezes, a doença não deixa nenhuma sequela, mas é possível também que cause consequências graves, impossibilitando a pessoa a sair da cama ou a levando a morte.

Outras doenças também podem contribuir com o desenvolvimento do AVC, como:

- Hipertensão

- Diabetes

- Obesidade

Você pode reduzir bastante as chances de ter AVC, garantindo uma boa alimentação e exercícios físicos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

TV Cura pela Natureza - assista agora




Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.