O sistema linfático é complexo e importantíssimo.

Trata-se de um conjunto de tecidos e órgãos que trabalham juntos principalmente para duas finalidades:

1. Filtrar os resíduos tóxicos no interior do corpo.

2. Aumentar a imunidade.

Calma, vamos explicar direitinho!

Quem carrega as toxinas, bactérias e até células cancerosas é o líquido linfático, mais conhecido como “linfa”.

Só por questão de curiosidade, há três vezes mais linfa do que sangue em nosso corpo.

O sistema linfático é feito por linfócitos, que é apenas uma das várias células de defesa que produzimos.

Esses linfócitos estão armazenados no baço, na medula óssea, no apêndice, coração e nos nódulos linfáticos.

De todo o sangue que é bombardeado no corpo, 90% vão para o coração, e o restante se junta à linfa.

É aí que podemos pensar sobre nossa saúde.

Se o fluxo linfático estiver danificado, o que é muito comum no corpo de quem consome muitos alimentos gordurosos e industrializados, não vamos conseguir eliminar as células cancerosas e as toxinas.

Isso porque a imunidade do corpo cai e os resíduos danosos se espalham pelos órgãos.

O tratamento convencional você já sabe qual é: quimioterapia – uma opção agressiva às células doentes, mas também às saudáveis.

Para evitar todo esse mal, precisamos manter o sistema linfático saudável.

Assim, as células de defesa poderão nos proteger de qualquer ataque e realizar a desintoxicação.

Infelizmente, não é só com a alimentação que devemos nos preocupar para garantir o bom funcionamento do sistema linfático.

Algumas outras causas são: poluição do ar, tabagismo, aditivos alimentares, pesticidas, produtos químicos, drogas farmacêuticas e sobrecarga física e mental.

Além disso, a carência de vitaminas e minerais também é prejudicial.

Se você quer saber se seu sistema linfático está funcionando bem ou não, veja a lista de sintomas comuns quando há algum tipo de problema:

- Pele seca e coceira

- Peitos inchados e dor a cada ciclo menstrual

- Lentidão mental

- Mãos e pés frios

- Fluxo sanguíneo ruim

- Celulite

- Dor e rigidez no corpo

- Prisão de ventre

- Cansaço

- Palidez

Separamos algumas dicas especiais para que você possa manter a saúde do sistema linfático:

sistema_linfatico_-_sangue.jpg

1. Exercícios

Qualquer exercício que trabalhe os músculos é bem-vindo e ajuda o corpo todo.

2. Ioga

Que tal fazer exercícios físicos bem puxados e depois praticar ioga?

3. Respiração profunda

Isso também ajuda a linfa a se deslocar.

Esta é dica é inegociável, já que temos mais linfa do que sangue no corpo.

4. Dieta

Remova os alimentos processados e industrializados.

Invista em alimentos integrais e frescos.

5. Alimentos naturais vermelhos

Beterraba, cereja, morango, romã e todos os outros alimentos naturais e vermelhos purificam a linfa e o sistema linfático.

6. Escovação da pele

Chegou a hora de se preocupar em escovar os braços e as pernas também.

Se ainda não pensou nisso, considere.

Com movimentos circulares, passe a escova com cerdas naturais para facilitar o fluxo da linfa.

7. Água na temperatura ambiente

Fuja de bebidas açucaradas e invista em água natural, na temperatura ambiente e livre de cloro e flúor.

Isso torna a linfa fluida.

8. Massagem

Como a escovação, a passagem estimula a linfa para o coração.

Também ajuda a remoção de estresse, que é uma das causas para o mau funcionamento do sistema linfático.

9. Iodo

Iodo baixo significa fluxo linfático ruim.

O iodo ajuda a linfa a expulsar as toxinas.

Por isso invista em alimentos com iodo, como algas, peixe e frutos do mar.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.