Você certamente já deve ter ouvido falar das maravilhas do óleo de coco, não é?

E agora você vai conhecer um produto que, no nosso entendimento, é melhor que esse óleo.

Estamos falando da manteiga de coco.

E qual a vantagem da manteiga de coco em relação ao óleo?

É que óleo é apenas a gordura extraída do coco, ao passo que manteiga, por ser feita com a polpa de coco desidratada, contém fibras, e não só gordura.

A manteiga de coco já está sendo vendida em algumas lojas de produtos naturais.

Mas o preço, por enquanto, está proibitivo, muito alto.

Mas não desanime.

Vamos ensinar agora como você pode fazer a sua manteiga de coco em casa e de uma forma muito econômica.

Veja, primeiro, um vídeo com a receita.

Depois a gente complementa a explicação com mais informações.

Não é fácil?

Agora anote a receita:

INGREDIENTES

200 gramas de coco ralado em flocos (desidratado e sem açúcar; vende em supermercados)

MODO DE PREPARO

manteiga_de_coco.jpg

Coloque o coco ralado em flocos no liquidificador ou no processador de alimentos.

Bata na potência máxima.

Se fizer no liquidificador, você vai ter que desligar algumas vezes para raspar com uma colher de pau as laterais do copo.

O processo todo dura cerca de 15 minutos.

Quando atingir o ponto de creme, estará pronta a manteiga de coco.

Ela dura até três dias fora da geladeira.

Sob refrigeração, ela dura mais, cerca de dez dias, porém fica muito dura, sendo necessário derretê-la em banho-maria na hora de usar.

A manteiga de coco é muito saborosa.

E você pode usá-la como a manteiga comum: em torradas, pães, cuscuz, bolos, tapioca...

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.